top of page
  • Foto do escritordarci campioti

Goibniu: O Artesão Divino dos Deuses Celtas 🛠️🔥



Na mitologia celta, poucos deuses são tão reverenciados quanto Goibniu, o habilidoso artesão divino associado à arte da ourivesaria, ao fogo e ao trovão. Sua destreza na forja não se limitava apenas a objetos comuns, mas incluía a criação de armas mágicas e imortais para os próprios deuses. Neste artigo, vamos explorar a fascinante figura de Goibniu e sua importância na mitologia celta.

Origem e Significado

Goibniu é um dos Tuatha Dé Danann, os deuses da mitologia irlandesa pré-cristã. Seu nome é derivado do termo celta "gobanno", que significa "ferraria" ou "ferreiro". Ele era considerado o mestre ferreiro dos deuses, capaz de criar armas e ferramentas de uma qualidade extraordinária.


O Ferreiro Divino

A habilidade de Goibniu na arte da ourivesaria e da metalurgia era incomparável. Ele era responsável por forjar armas mágicas que conferiam poderes sobrenaturais aos deuses. Sua força era tão grande que suas armas eram tidas como imortais, nunca perdendo sua eficácia em batalha.

Associação ao Fogo e ao Trovão

Além de ser um mestre ferreiro, Goibniu também era associado ao fogo e ao trovão. Ele usava um martelo para moldar os metais em sua forja, e o som de seu martelo batendo era comparado ao estrondo dos trovões. Sua conexão com o fogo também sugere sua ligação com a alquimia e o poder transformador do fogo na metalurgia.

O Lendário Poço da Cura

Uma das histórias mais famosas envolvendo Goibniu é a do Poço da Cura, conhecido como "Tobar Segais". Diz-se que quem bebesse da água deste poço se curaria instantaneamente de qualquer ferimento, mesmo os mais graves. Goibniu era o guardião deste poço sagrado, o que ressalta sua importância como um provedor de vida e saúde.

Paralelos com Outros Deuses Ferreiros


É interessante notar que a figura de Goibniu compartilha semelhanças com outros deuses ferreiros de diferentes mitologias, como Hefesto na mitologia grega e Vulcano na mitologia romana. Todos esses deuses são retratados como mestres ferreiros habilidosos, capazes de criar armas e artefatos mágicos para os deuses e heróis.

Representações Artísticas

Na arte celta, Goibniu é frequentemente retratado como um homem barbudo segurando um martelo de ferreiro, cercado por chamas ou trovões. Essas representações simbolizam sua associação com o fogo, o trovão e a forja.

Legado e Influência

Apesar de sua figura não ser tão proeminente quanto outros deuses celtas como Lugh ou Brigid, Goibniu desempenha um papel crucial na mitologia irlandesa, representando a habilidade artesanal e o domínio sobre os segredos da metalurgia. Seu legado perdura como um símbolo da criatividade e da excelência na arte da ourivesaria.

Conclusão

Goibniu, o ferreiro divino dos Tuatha Dé Danann, personifica a habilidade, a destreza e a magia envolvidas na arte da ourivesaria e da metalurgia na mitologia celta. Sua importância como criador de armas mágicas e guardião do Poço da Cura destaca sua posição única entre os deuses celtas, e seu legado continua a inspirar artistas e artesãos até os dias de hoje.




🎬✨🐭🎨🌟📽️📺💻 🔨🔥💫🌪️🌿🪙✏️📜

5 visualizações0 comentário

Комментарии


ícone de um telefone
ícone de um telefone
chave de boca cruzadas
ícone de um telefone
chave de boca cruzadas
chave de boca cruzadas
bottom of page